Imagine você ter um robô respondendo as perguntas do seus clientes nas redes sociais ou em sua loja virtual. Pois bem, isso já existe e é conhecido pelo nome de chatbot. Muitas empresas já estão fazendo uso dessa tecnologia e, com isso, trazendo muitos benefícios para o seu negócio. Logo mais falaremos sobre esses benefícios e sobre um caso real de que o chatbot pode ser de grande valia para uma empresa. Mas antes vamos ver como ele funciona.

Como funciona o chatbot?

Para falarmos sobre isso, é preciso saber que existem dois tipos:

1. Baseado em regras

Este funciona através de comandos pré-definidos. O chatbot é programado para responder certas perguntas, para isso ele se atém às palavras-chave. Mas é possível que em um determinado momento ele não entenda o que o usuário falou, pois a pergunta ou a frase do usuário não havia sido programada. Nessa situação, ele passa o atendimento para um ser humano.

2. Baseado em inteligência artificial

Os chatbots também podem ser baseados em inteligência artificial. Dessa forma, eles são programados a responder certas perguntas, mas com o tempo vão aprendendo cada vez mais sobre outros tipos de questões e sobre o perfil de cada usuário.

O chatbot vai conversar com seus clientes como se fosse uma pessoa. Nos casos dele com inteligência artificial, ele pode ser mais rápido e perspicaz do que um ser humano, pois ele vai ter acesso a todos os dados e ao perfil do usuário em uma busca e, assim, proporcionar uma conversa personalizada. O que seria mais complicado se uma pessoa tentasse fazer o mesmo.

Bom, falamos sobre o que é esse assistente virtual, mas agora é a hora de ver quais são seus benefícios para o seu negócio.

chatbotPara você ouvir: Como falar com clientes em tempos de crise

Benefícios do chatbot para a sua empresa

Atendimento rápido ao cliente

Este é o principal motivo para o uso do chatbot. Pois não importa a hora que o usuário envie uma pergunta, ele vai responder de maneira rápida. Assim, a dúvida pode ser esclarecida na hora ou ser encaminhada para o setor responsável ou, caso precise, para um humano continuar o atendimento.

Automação de vendas

Outra forma muito usada é para a automação de vendas. Nesse caso, o usuário pode querer saber características de algum produto e ao entrar em contato pelo chat ele tem suas dúvidas respondidas. Para isso, o chatbot precisa ser configurado a dar respostas sobre características ou especificações técnicas dos produtos que estão na loja online.

Um outro uso, é realizar o pagamento ou finalizar a compra pelo próprio chatbot. Essa pode ser uma maneira mais rápida e prática de ser feita do que em muitos sistemas de vendas online.

Pesquisa e captação de informações

Através do chatbot podem ser feitos vários tipos de pesquisa e obtenção de informações dos usuários. Isso pode acontecer através da própria conversa, enquanto são sanadas as dúvidas ou mesmo através de perguntas rápidas que são apresentadas para o cliente.

Com as respostas em mãos é possível identificar quem é seu público e, em conjunto com o setor de marketing, criar campanhas direcionadas para transformar leads em clientes.

Reservas e agendamentos

Uma funcionalidade ótima que o chatbot pode proporcionar é a reserva e agendamento. Isso pode ser usado nos perfis do Facebook e Instagram, por exemplo. Dessa forma, se você tem uma página no Facebook de um restaurante e quer que as pessoas possam fazer a reserva de mesas sem precisar ligar para o estabelecimento, disponibilize essa função no seu assistente virtual.

chatbotLeia mais: Pense cinco minutos como seu cliente

Um caso real: conquistas da Visa com o uso do chatbot

Agora vamos a um exemplo real de que o uso do chatbot pode melhorar a interação dos clientes com uma empresa.

Depois de 1 ano de experiência com um assistente virtual (chatbot) no Facebook Messenger, a Visa confirmou que mais de 185 mil pessoas utilizaram ele para algum fim. Eles conseguiram levantar dados pelo próprio chatbot, confira:

  • em menos de dois minutos 76% dos usuários conseguiram ter suas dúvidas respondidas;
  • do público que interagiu com o assistente, 59% eram mulheres;
  • o chatbot não soube responder apenas 7% das dúvidas enviadas;
  • a maioria das pessoas que interagiram com o chatbot gostaram da experiência.

Após esses dados, a Visa implantou mais funcionalidades ao chatbot, como solicitar cartões de forma integrada, integração com promoções e disparo de informações sobre campanhas que o usuário tenha interesse.

A Visa melhorou sua comunicação com o cliente, possibilitando que ele fique mais satisfeito com o serviço. Nos dias atuais, quando as pessoas estão sem tempo ou sem paciência para esperar por uma resposta, o chatbot pode ser uma grande solução para agilizar a espera por respostas.

Como pudemos ver, o chatbot é uma forma de melhorar a comunicação entre sua empresa e os usuários e assim, converter leads e fidelizar seus clientes.

Deixe sua opinião ou experiência sobre esse assunto nos comentários.