Não é só você que quer saber como trabalhar e fazer freela ao mesmo tempo nesse mundão.

Existem diversos profissionais que estão passando por isso, seja para ganhar uma renda extra ou para dar início a uma transição para a atuação full time como freela.

Independentemente do motivo, é muito importante que consiga fazer as duas coisas (e muito bem feitas) em paralelo para não se prejudicar em nenhuma delas.

Afinal, o seu chefe não vai querer erros, atrasos ou falta de ânimo na reunião.

Da mesma forma, o seu cliente quer receber as demandas contratadas dentro dos prazos e com toda a qualidade que espera.

Para ajudar, separei algumas dicas bem interessantes para você conciliar o trabalho de freelancer com o seu emprego.

Aproveite a leitura!

Antes de entrar nas dicas, vamos refletir um pouco?

Antes de entrar nas dicas quero fazer algumas perguntinhas básicas pra você!

Por acaso sabe por que está conciliando o trabalho de freelancer com o emprego?

Qual é a perspectiva para a sua carreira?

É só ganhar uma grana extra ou pretende fazer uma transição?

Se a sua escolha for a última, ótimo! Isso significa que se tiver foco e determinação, cedo ou tarde vai conseguir o que quer. Nesse caso, existe um bom motivo para trabalhar mais horas por dia.

Por outro lado, se está trabalhando por uma renda extra, provavelmente está em uma dessas duas situações:

– Precisa acumular algum dinheiro para algo que necessita

– Só quer ganhar mais mesmo

Se a situação é a primeira, então você precisa fazer um planejamento de quantas horas a mais vai precisar trabalhar e por quantos dias até que consiga o montante que necessita.

Para quem só quer ganhar mais, vou propor uma reflexão!

Pergunte-se:

Por que quer ganhar mais?

Como estão as suas despesas?

É possível cortar alguma coisa que tem pouca importância para você?

O que acontece no seu emprego tradicional que ainda não conseguiu aquela promoção tão esperada?

Você merece a promoção ou precisa trabalhar algum ponto para que ela aconteça?

A empresa não te reconhece? Já pensou em mudar de emprego?

Quis propor a reflexão porque não acho que simplesmente trabalhar muito e comprometer as suas horas de lazer e de descanso é um bom motivo para querer ganhar mais.

Existem outras estratégias que você pode fazer e que atendem a essa expectativa de ganhar mais. Pense nisso!

Mas tem também o caso dos famosos workaholics de plantão.

Pois é, tem gente que QUER trabalhar, e muito! Quanto mais, melhor!

Nesse caso a minha sugestão é: busque a ajuda de um profissional especializado.

Em todas as áreas da nossa vida precisamos ter equilíbrio. Apesar de você curtir mesmo trabalhar e ver isso praticamente como um lazer, aposto que a sua família, namorado, marido ou filhos pensam bem diferente.

Não adianta trabalhar, trabalhar, trabalhar e deixar todos ao redor infelizes, certo?

Bom, no final das contas essa era outra reflexão que eu queria propor!

Vamos agora às dicas?

Dicas para conciliar o trabalho de freelancer com o emprego

1 – Faça um planejamento do tempo e das demandas

Um bom planejamento é primordial para você saber coisas como: horário que começará a atividade de freelancer depois de chegar do trabalho, quantas horas por dia consegue dedicar a essa atividade, se vai trabalhar aos finais de semana e por quantas horas, entre outras.

Esse planejamento é importante porque você vai entender quantos clientes ou jobs consegue pegar, quais serão os seus prazos de entrega e muito mais.

Sem um planejamento, você vai acabar se atrapalhando e precisando trabalhar mais para entregar todos os projetos.

E fazer tudo mais ou menos ou atuar arduamente até o sol nascer são coisas que não vão ajudar muito.

Você precisa considerar que uma boa noite de sono e de descanso é primordial para que qualquer pessoa consiga desempenhar atividades diárias (sejam elas quais forem) com foco e qualidade. E disso você jamais deve abrir mão.

Se não tiver outra escolha, então é melhor que opte por uma ou outra tarefa.

Acredite: tentar assumir tudo ao mesmo tempo e de um jeito enlouquecedor só vai te prejudicar em qualquer uma das duas situações.

2 – Tenha foco

Foco é tudo na vida!

Esqueça as redes sociais ou aquela troca de mensagens com o amigo.

Deixe de lado as notícias de política, de tragédias e do famoso que falou não sei o que pra sei lá quem.

Não é que você deve deixar de fazer tudo isso, mas é importante que as horas que separou para o trabalho sejam realmente dedicadas a ele.

Estipule apenas um momento do dia para fazer tudo isso e por meia hora, por exemplo.

Tem um empreendedor que eu acompanho que parou de acompanhar as notícias, mas que sabe tudo de importante que acontece no mundo. Ele diz que se a informação for mesmo importante, uma hora ela vai chegar até você sem que tenha que ir atrás dela.

O foco vai fazer você produzir muito mais. Pode ter certeza!

3 – Se organize

A organização é primordial para quem trabalha mais horas por dia.

Uma dica é concentrar todas as suas tarefas em apenas uma ferramenta.

Isso vai facilitar bastante o seu trabalho. Manter as coisas em ordem garante agilidade, mas também evita que as informações se percam, o que com certeza vai gerar muito transtorno.

Clique aqui e leia esse artigo que fizemos com sugestões de ferramentas para organizar o trabalho de freelancer.

4 – Cuide da alimentação

Não quero aqui entrar no mérito de que você precisa comer bem para cuidar da sua saúde. A proposta é outra!

Você sabia, por exemplo, que o carboidrato é o grande responsável por aquele sono incontrolável depois do almoço e no final do dia?

Qual é o problema disso?

O problema é que esse sono não vai deixar você se concentrar e provavelmente vai cometer alguns errinhos básicos no trabalho, além de demorar mais para realizar a tarefa. Em alguns casos, ou você tira um cochilo ou vai acabar dormindo ali na mesa mesmo!

Uma estratégia interessante é reduzir a quantidade de carboidratos e inserir mais gorduras do bem na sua alimentação.

Abacate, morango, kiwi, castanhas, amendoim, queijos, ovos, frango e peixes são alguns desses alimentos.

Essa gordura boa é ainda mais interessante porque ela dá a sensação de saciedade. Então você acaba comendo menos, o que é bem estratégico considerando a importância do foco que precisa dar às suas tarefas.

Se quiser saber mais sobre esse assunto, clique aqui e leia esse artigo sobre a dieta low carb.

Essas foram as dicas de como conciliar o trabalho de freelancer com o seu emprego.

Nesse episódio do Falafreela você pode ter alguns insights sobre o tema. Aproveite para escutar!

Gostou? Tem mais alguma dica? Então comente!