Elas são importantes para o desenvolvimento econômico do país. Mas, o que têm a ensinar as startups brasileiras que chegaram a este patamar ao freelancer como você?

Os unicórnios são startups avaliadas em mais de 1 bilhão de dólares antes da abertura de capital na bolsa de valores.

Todas elas, assim como a sua, começaram pequenas e enxutas, ali na garagem ou na sala de casa mesmo. Só que as ideias promissoras dos seus donos acabaram por impactar o mundo inteiro.

Até o final de 2017 nenhuma empresa brasileira tinha chegado ainda nesse patamar, apesar de algumas terem estado bem próximas, como a 99 (aplicativo de taxi), a Netshoes, o Nubank (fintech de soluções financeiras desburocratizadas) e a Movile (gestora dos aplicativos Playkids e iFood).

Mas em 2018 tivemos algumas surpresas bastante interessantes e é justamente sobre isso que vou tratar nesse artigo.

Aproveite a leitura e conheça quem são os nossos unicórnios!

Quem são os unicórnios brasileiros?

Em 2018 algumas empresas brasileiras finalmente chegaram ao título de unicórnio.

Mas o que significa isso?

Que elas alcançaram aquele valor de mercado super alto que comentei na introdução desse artigo: mais de US$ 1 bilhão!

Mas afinal, quem são os unicórnios brasileiros?

São 3 empresas, que com certeza você já conhece muito bem!

1 – 99, que em janeiro desse ano foi comprada pela Didi Chuxing, uma empresa chinesa.

2 – PagSeguro, que também em janeiro abriu o IPO no mercado de capitais, garantindo 2,6 bilhões de dólares na sua estreia na Nasdaq, a bolsa de valores de Nova York.

3 – Nubank, eleita pela revista Fast Company como uma das mais inovadoras da América Latina.

Mas o que esses unicórnios têm em comum?

Os nossos 3 unicórnios têm muito em comum.

Primeiro, todas as empresas possuem foco em tecnologia, são enxutas e têm a premissa de atuar sempre com a redução de custos.

Mais do que isso, elas foram capazes de criar serviços que conquistaram o público, que resolveram problemas, que supriram uma dor e que facilitaram a vida das pessoas.

Por último e não menos importante, todos os empresários são extremamente ambiciosos e visualizam o mercado global nas suas promissoras estratégias de negócios.

Qual é a importância dos unicórnios para o nosso país?

Os nossos unicórnios não criaram as suas startups à toa. Além de com certeza terem objetivos bastante pessoais, eles também queriam tornar os seus negócios muito valiosos.

E foi isso que fizeram!

Pode ter certeza de que não sossegaram enquanto não viram as suas startups crescendo ao ponto de se tornarem os primeiros unicórnios brasileiros. O bom é que no final das contas todos nós somos impactados de alguma forma, uma vez que essas empresas são essenciais para a economia do país.

Isso porque elas movimentam o ecossistema e ainda por cima chamam a atenção dos fundos de investimento de todo o mundo. Mas é claro que as startups também inspiram muitos outros empreendedores a atingirem patamares similares, criando assim uma rede de perspectivas e de tentativas promissoras.

Obviamente, quanto mais empresas chegarem em marcas parecidas, mais a nossa economia fica aquecida!

Será que virão novos unicórnios brasileiros por aí?

Existe sim uma chance bastante grande de surgirem novos unicórnios brasileiros muito em breve.

Algumas startups, inclusive, vêm mostrando operações bem consolidadas, além de crescimento exponencial, pontos essenciais para o alcance da marca de valor de mais de 1 bilhão de dólares.

Quais são essas empresas?

1 – Guia Bolso – Focada em planejamento financeiro pessoal e com mais de 4 milhões de usuários, a startup fintech já recebeu aporte financeiro de cerca de 200 milhões desde 2014, que foi o ano da sua fundação.

2 – Movile –  Mencionada na introdução desse artigo, a empresa tem mais de 20 startups no seu portfólio, o que soma 100 milhões de usuários ativos mensais. Muito inovadora, a Movile começou desenvolvendo jogos para operadoras de celular, mas com o tempo entrou no ramo estratégico de desenvolvimento de aplicativos.

3 – PSafe –  Menos conhecida, essa startup de segurança oferece antivírus para smartphones com o sistema Android. Com um escritório no Vale do Silício, ela possui 22 milhões de usuários mensais e tem um foco bastante grande no mercado americano.

Além delas, muitas outras empresas estão na corrida pelo posto de unicórnio. Para você ter uma ideia, hoje o Brasil possui mais de 10 mil startups e 800 aceleradoras. Mas todas possuem o mesmo foco?

Teoricamente sim, caso contrário, não seriam startups.

Considere que a ideia dessas empresas é o ganho em escala, que é justamente uma característica que deve levar a um alto ganho financeiro com pouco investimento.

Portanto, a intenção principal desses empreendedores é justamente tornar as suas empresas muito valiosas. Se todos pensarem assim, em breve muitos outros unicórnios vão compor essa lista. Para nós, isso significa mais força no mercado nacional e geração de riqueza e de trabalho. A economia agradece!

Se inspire nos unicórnios e agregue valor ao seu negócio

Agora pé no chão!

Chegar no nível dessas startups não é nada simples e pode ter certeza de que muita coisa aconteceu na vida desses empreendedores antes de alcançarem o patamar que estão hoje.

Mas é importante que eles sirvam de inspiração para os nossos negócios, especialmente considerando a ambição, a persistência e o foco que tiveram.

Os momentos difíceis e de perdas provavelmente virão, mas eles precisam ser contornados com muita resiliência.

Se você não tentar mais, não focar na sua meta e não tiver um mindset de crescimento em busca do seu objetivo, então dificilmente vai alcançar um patamar acima do que está hoje!

Gostou do artigo sobre os unicórnios brasileiros? Então comente aqui!