Quando comecei a pensar em produzir conteúdo em áudio, passei um bom tempo pesquisando a questão da mensuração das estatísticas de cada episódio. Ferramentas a parte, o terreno é ainda escorregadio e o mais próximo que temos de um monitor em tempo real são as estatística do SoundCloud, e mesmo elas, eu sei, tem lá suas limitações, a começar pelo preço mais salgado.

Outro lado da questão é a forma como a imensa quantidade de programas (dezenas de milhares, segundo a PodPesquisa 2014) é exibida para seus futuros ouvintes. A “prateleira” mais organizada que tínhamos até agora era a própria loja da iTunes que segue suas regras próprias no que se refere à exibição de novos programas. Temos também o WeCast, vale lembrar. Ele, com cara mais de aplicativo do que indexador, está até com uma campanha para levantar fundos para a criação de seu aplicativo para Android, confiram!

Mas hoje, queria falar de outra frente, a turma do PodcastHub. Conheci através de um comentário em um de nossos programas e trocamos alguns e-mails. Muito simpático, o Valdir Viana me contou que a versão que temos hoje é ainda um embrião do projeto e tem poucas semanas de vida. Sua principal motivação, foi reunir em único lugar uma gama enorme dos podcasts produzidos no Brasil. Ele, que é um consumidor frenético desta mídia, se baseou em outros projetos do gênero, como o Podflix e o Youtuner, mas quer dar uma pegada mais colaborativa e que possa dar oportunidade ao produtor que está iniciando a ser encontrado.

Podcasthub.com.br - Um indexador lançado a poucas semanas

Podcasthub.com.br – Um indexador lançado a poucas semanas

Hoje, um produtor inicial, já pode disponibilizar seu podcast na plataforma. Como tudo por lá, o processo é bem simples: basta enviar um email para podcasthub1@gmail.com informando o site e o nome do podcast e caso tenha um arquivo xml ou feed informar a url. O próximo passo é, claro, implementar o app para as principais plataformas móveis, mas hoje a prioridade, segundo Viana, é aprimorar e evoluir a plataforma web deixando-a cada vez mais atrativa.

Serviço foi criado a partir de resultados da PodPesquisa

O criador do projeto complementa que, as informações reveladas pela PodPesquisa 2014, foram fundamentais para a criação de seu projeto. Por exemplo, a mudança no comportamento dos ouvintes. Em 2009 – quando foi realizada pele primeira vez – , a pesquisa apontou um cenário único: “Universitários que curtem tecnologia”. Hoje, outros graus de escolaridade e áreas de conhecimento já estão consumindo a mídia. São engenheiros, administradores e publicitários aderindo ao “feed sonoro”. Aliás, sua adesão tem mudado de ferramentas também. Os números mais atuais apontam que  47,71% dos ouvintes ouvem o podcast diretamente do site do produtor.

Agora é dar um pulinho lá no PodcasHub e conferir o serviço! Depois comentem aqui, ok?