Recentemente, a grande rede do pássaro azul lançou as Twitter Personas, um filtro que agrupa os usuários de acordo com suas diferentes características. E aí a lógica é simples: fazer com que os anunciantes encontrem grupos específicos de acordo com seus interesses. E eles podem ser, por exemplo, a geração X, baby boomers, adultos entre 18 e 54 anos, graduados, pessoas com renda superior a US$ 100 mil, entre outros. São 11 no total.

twitter_personas

 

A novidade do Twitter, que por enquanto está disponível apenas para os usuários dos EUA, replica uma tendência das redes sociais que é a de criar campanhas dirigidas a um determinado grupo de pessoas.

Seria como dizer que tanto Twitter, como Facebook ou Instagram – para citar os mais populares – perceberam que os anunciantes, sobretudo das pequenas e médias empresas, querem não apenas conhecer os seus diversos públicos-alvos, mas também saber como atingi-los.

No caso do Twitter, além da segmentação por “personas”, ainda é possível uma separação em cada nicho, considerando gênero, interesses e localidade. O objetivo é ensinar ao anunciante como identificar os grupos relevantes para ele e, assim, usar essa informação para otimizar o seu conteúdo e direcionar os anúncios.

E o que um freelancer tem a ver com as Twitter Personas ?

Estar presente nas mídias sociais já se tornou uma espécie de kit de sobrevivência do pequeno e médio empreendedor. Sim, porque é lá onde está o consumidor. O problema é que não basta apenas estar, é preciso ser bem representado nesse universo digital.

E aí vale também investir no conteúdo, que deve ser planejado e passar longe da monotonia, interagir com o cliente e explorar as ferramentas disponíveis, como fotos, textos, vídeos, etc.

À medida que você for conquistando fãs, curtidas, seguidores, ou o que seja, já está na hora de começar a avaliar a possibilidade de anunciar nessas redes. Além de ter a sua empresa mais notada, você vai conseguir adequar exatamente a sua campanha ao seu público-alvo. O resultado? Mais fãs, mais curtidas, mais seguidores e, claro, mais vendas.

Uma forma simples de entender o que foi dito é pensar no seguinte exemplo: você tem uma pousada no nordeste e está com uma promoção de férias para jovens universitários. Através de uma campanha direcionada você vai conseguir impactar exatamente esse público e, provavelmente, esgotar as reservas.

Muito mais do que uma ferramenta de entretenimento, as mídias sociais devem ser encaradas como um ótimo canal para gerar boas oportunidades para o seu negócio. E, para começar, você só precisa se fazer uma única pergunta: Como eu vou aproveitar essa oportunidade?