É comum perceber diferenças de atitude das pessoas quando comparamos a forma com a qual se manifestam nas redes sociais e seu comportamento nos meios, digamos, presenciais.

O isolamento e o escudo que oferecem os perfis do Facebook ou Twitter permitem ao usuário trazer a tona o que há de mais sincero em seus instintos, sem precisar se conter às regras que prezam pelo convívio harmônico. Muitas vezes, ainda insatisfeitas com a exposição que é dar a cara à tapa em perfis verdadeiros, algumas pessoas se encobrem em contas falsas para poupar suas identidades reais de serem associados à suas perversas atitudes. Desse movimento, nascem não apenas xingadores anônimos ou stalkers, como também golpistas e criminosos.

Com o intuito de alertar para perfis fake na lista de amigos, o desenvolvedor web Eliran Shachar criou o aplicativo FakeOff. Shachar – ele mesmo vítima de um perfil falso em um site de relacionamentos – entende a ferramenta como um antivírus: os fakes não apenas disseminam malwares e spams entre sua rede de contatos, como também podem prejudicar a vida social de suas vítimas.

aplicativo-FakeOff-promete-ajudar-a-identificar-perfis-falsos-no-facebook

Aplicativo ajuda a monitorar possíveis perfis Fakes

Até empresas que investem massivamente em publicidade individual para usuários que curtiram suas páginas no Facebook acabam tendo um enorme prejuízo ao direcionarem suas despesas para um usuário inexistente.

FakeOff pode ser sincronizado à sua conta no Facebook para detectar perfis suspeitos em sua lista de amigos. O aplicativo checa fotos e atividades do perfil analisado e dá como resultado final ao usuário uma nota na escala de um a dez – sendo um a nota de maior probabilidade do perfil ser falso. Segundo o criador:

Nós construímos um algoritmo para checar a timeline a fim de descobrir o que é normal e o que não é no que alguém escreve nas redes sociais. Nós monitoramos a complexidade das conversas e concluímos se é lógico ou se há algo de estranho ali. Coletamos muita informação a respeito do perfil e depois o avaliamos de acordo com a escala.

Alguns perfis emitem sinais suspeitos que não dependem de aplicativos para serem detectados. Mensagens privadas que tentam atrair usuários para consumir um produto ou realizar uma atividade são alertas de alta possibilidade de perfil falso. Outros sinais podem aumentar a credibilidade de um perfil, como um número de celular ou uma conta no Instagram sincronizadas à conta do Facebook.

O aplicativo, entretanto, promete chegar a uma conclusão mais precisa do que meros indícios isolados. Afinal, a utilidade desta ferramenta vai além do que evitar anúncios irritantes. “Nosso principal objetivo é alertar solteiros que adicionam novos amigos toda semana e, claro, proteger os jovens, que são mais vulneráveis a abusos sexuais na internet.”, esclarece Shachar.

Schachar pretende expandir o FakeOff para outras plataformas, mas preferiu começar em uma rede social que abriga um numero estrondoso de usuários. A versão básica do aplicativo é gratuita e alcança o máximo de dez dias de varredura no perfil suspeito solicitado. A versão avançada pode ser adquirida por uma taxa de 1,99 dólares e permite apenas uma varredura, que alcança os últimos 365 dias de atividade do perfil. Uma assinatura regular de 9,99 dólares permite, além das varreduras anuais, a verificação de um número ilimitado de perfis.

E aí, acha que é útil? Ou a “zoeira never ends”, como diz o ditado digital?