Uma coisa que eu aprendi neste tempo todo comandando o carreirasolo.org é que quem decide seguir por conta própria – seja trabalhando em casa, abrindo sala ou empresa ou até mesmo praticando aquele empreendedorismo dentro da organização de outra pessoa (existe!) – , passa por algo como um “estalo” ou “salto de fé”.

Depois desse momento, como em qualquer epifania, a sua vida e a de outros ao seu redor assume um novo paradigma. Traduzindo: um dia você está sentado na mesa de sempre, cercado dos enfeites e copinho de café de sempre e pensa: “Não quero mais, tenho como fazer isso diferente”. E pronto. Alias, nada pronto.

É que o que a maioria não sabe até aquele momento é que o seu salto de fé é um início de processo. A queda – ou o voo rumo a velocidade de cruzeiro – , ficará por conta de suas escolhas e preparação. E de muito trabalho, é claro.

Foi essa a sensação após terminar a primeira sessão com o Iure, o primeiro leitor/ouvinte a encarar as Mentorias da Sala101. A primeira hora da dinâmica que estou aplicando, envolve reviver a trajetória profissional até o momento em que esse estalo acontece. Este olhar pós-reviravolta profissional – surte efeitos interessantes, pois a pessoa de hoje olha para aquele brotinho sem forma de ontem e percebe o quanto aprendeu. No caso dele, a rachadura aconteceu quando ele confirmou qual é a hora mais valiosa de todas. A nossa.

Sem spoilers, pois ainda estou editando o programa. Que vai ficar lindo, pode apostar.

E ainda teve tempo de mais um aluno

A semana começou produtiva, com a chegada de outro participante do processo, o Carlos Tiago. Com um foco um pouco diferente – ele é desenvolvedor – , o papo de apresentação serviu mais uma vez para mostrar como vamos caminhar da identificação de fortalezas e pontos de melhoria até um plano de ação para resolver UMA questão profissional, que é o objetivo de toda essa história. Na próxima terça-feira vamos fazer a dinâmica da trajetória profissional. Volto para contar.

E você?

Até agora, as Mentorias da Sala101 contam com 3 participantes. Tudo bem, é bem orgânico mesmo. Mas, isso não quer dizer que este número não possa crescer. Caso o processo interesse a você e a sua jornada profissional, acesse este formulário e inscreva-se.

Sim, é 100% gratuito. E não, não é para enviar um e-book.