Anuncie produtos, venda suas criações e compartilhe conteúdo relevante na FreelaStore. Veja como participar.

Trabalho com carteira assinada, CLT, 8 horas por dia num escritório, mas faço projetos nas horas vagas. Posso ser considerado um Freela?

por Mauro Amaral

Esta pergunta tem pintado em meu e-mail quase semanalmente. Já a bordei em outros momentos aqui, mas não custa nada reforçar. Você pode e deve se considerar um freelancer. Cada um escolhe a melhor maneira de fazer seus projetos, sejam paralelos ou não. Uns, preferem, ou podem, ou precisam, dedicar-se integralmente, como pequenas empresas/consultores independentes. […]


Depois do escritório é que a gente ganha um dinheirinho! Esta pergunta tem pintado em meu e-mail quase semanalmente. Já a bordei em outros momentos aqui, mas não custa nada reforçar. Você pode e deve se considerar um freelancer. Cada um escolhe a melhor maneira de fazer seus projetos, sejam paralelos ou não.

Uns, preferem, ou podem, ou precisam, dedicar-se integralmente, como pequenas empresas/consultores independentes. Outros, por realidade pessoal ou oportunidade diversas, precisam recorrer a uma remuneração fixa e complementá-la em outros horários.

Se você parar para pensar, os dois modelos demandam dedicação, disciplina, organização, métodos e posturas semelhantes. O segundo, além de tudo isso, faz com que você tenha mais jogo de cintura, para poder marcar reuniões em locais e horários pouco convencionais.

Tenho visto o primeiro modelo sendo o preferido por quem está começando e o segundo, porquem já tem alguma experiência.

E vocês o que acham?

Mauro Amaral

Mauro Amaral

Editor-chefe

É editor, publicitário e conta histórias que o seu público vai gostar. Casado, pai de três filhos e mora no Rio de Janeiro. É o Diretor de Criação da Contém Conteúdo.

Portfolio Linkedin RSS E-mail (Leia mais artigos desse autor)


  • Valdir Silveira Junior

    Se o individuo procura outros trabalhos alem do “oficial”, significa que ele nao esta satisfeito e busca alternativas, porem deve-se tomar cuidado com o foco, ou seja, ver o trabalho extra como somente… um extra, ou um bico, pode fazer com que nao seja direcionada a energia mental necessária para que esse trabalho extra avance. Muitos que conheco e que tiveram sucesso no trabalho freela viam seus trabalhos oficiais como um “suporte financeiro”, mas o foco estava no extra, fugindo mentalmente do eventual comodismo que um trabalho fixo pode trazer.

  • http://www.design-ao-leite.com.br Bruno Cesar

    Muitas vezes o trabalho fixo nos impõe certos limites, os quais nos impede de deixar fluir todo nosso conhecimento para o material elaborado. Um trabalho extra já nos dá mais liberdade, o contato, na maioria das vezes, é direta com o cliente, tornando o trabalho mais prazeroso e com muito mais qualidade. É fato que ser freela tem os prós e os contras, porém, vale a pena investir na carreira solo.

  • Alice

    Estou procurando tudo sobre ser Designer de cartões de visitas. Quero entrar nesse negócio, porque adoro isso e tbm para ter minha independência financeira. Seria preciso eu abrir uma Empresa? Ou posso apenas emitir nota fiscal de Autônoma?

  • celso scatambulo brianezi

    pretendo trabalhar e ter uma renda extra !

  • Ln

    trabalho em um escrtório das 8:30, e tenho uma hora de almoço, saio a´s 18h
    saia pois agora querem que eu trabalhe até 19:00 com a promessa de um aumento.

    ganho apenas R$ 720,00 (não ria ..não tem graça rsrs) tá incluso, tranporte e alimentação…_pense!!!! .
    a pergunta.

    como fazo para negociar?
    quanto devem aumentar o meu salário?

    me ajude preciso de uma ajuda…

    obrigado

  • magda

    do que se trata

  • CLEBEVAL EMIDIO

    Eu trabalho em regime de compensação de hora aos sabados e domingos em acordo coletivo só que eu estou com uma duvida o feriado tambem é conpensação de hora já que não está no acordo.

  • gilson costa

    Eu tenho uma dúvida, trabalho como agente autonomo de investimento em uma corretora de valores, e ainda cuido da área de renda fixa da corretora, gostaria de saber se isso não é um vínculo trabalhista, uma vez que não recebo nada pelo que faço dentro da corretora.

    abraços

  • Cirlene Rezende Queiroz

    Trabalho de carteira assinada e meu patrão me pediu pra fazer as 44 horas semanais,me disseram que devo fazer 40 horas por ser celetista.como devo proceder?

  • Anonymous

    trabahlo a3 meses em uma empresa

  • RAQUEL

    Sou funcionária pública pelo regime de CLT, minha dúvida é se minha carteira de trabalho será assinada? Obrigada

  • inaura silva santos

    trabalho de auxiliar de serviços gerais, das 07 ás 16,48 com uma hr de almoço não trabalho sábado, gostaria de saber se está correto?

  • Ana Lucia Nunes

    Muito Boa Tarde !!!
    Por favor, preciso de uma informação: trabaho em regime de 8 horas e tenho minha carteira assinada como Auxiliar de Escritório; posso exercer a mesma função em regime de 4 horas, com a carteira assinada em outra empresa ?
    Grata, Ana Lucia Nunes.

  • Sandra Regina

    meu nome é Sandra Regina há tempos não arrumava emprego fixo só bicos agora arrumei um que vai me registrar algém poderia me auxiliar me respondendo quais os direitos que terei como: terei direito a cesta basica como se procede?quem paga o meu inss e se pagar quantos por cento será descontado? e quanto a ferias? no final de ano tem o décimo terceiro como se procede? tenho direito a fgts? e mais algumas dicas por favor me respondam meu e-mail é sanarenas@gmail.com pois qd a minha chefe vier falar novamente em registro quero estar calçada sobre o assunto

    • Ana paula

      sandra , todo trabalhador registrado tem direito a ferias, acrescidos de um terço.e decimo terceiro. quanto ao fgts, se vc for domestica dependerá de um acordo entre vc e seu patrão, caso seja outro função vc tem sim o direito.o inss independente de ser domestico ou não é obrigatório, e vc paga 8% do seu salário, quanto a cesta básica fica a cargo da empresa fornecer ou não, porque não é obrigatório. ana paula ass. administrativa.

  • mauricia pereira

    eu procuro um emprego para da um vida melhor para os meus filos

Direto do @falafreela

Editores no Twitter