A primeira pergunta que lhe vem à cabeça após a leitura desse título é: “mas minha empresa não tem ‘cacife’ prá isso…”, não é mesmo? Vamos esclarecer alguns pontos, ok?

A princípio toda Empresa é franqueável. Seja ela pequena grande ou enorme. O que vai fazer a diferença e determinar o sucesso ou o fracasso dessa empreitada é o modo como você trabalha o seu negócio. Vou explicar direitinho, bem do início.

Atualmente, existem inúmeras franquias bem pequenas (pequenas em se tratando de negócios pequenos e de pouco investimento) no mercado. São as chamadas ‘micro-franquias’ que tem valores de investimento baixo e consequentemente acessíveis a um maior número de pessoas.

Esses formatos estão crescendo muito atualmente, pois cada vez mais as pessoas querem empreender, com menores riscos, tornando-se donos de um negócio próprio.

Ou seja, tamanho não é problema para que a sua empresa se torne uma franquia de sucesso.

franquia_post1

Multiplique sua capacidade de gerar lucros

O principal mesmo é que o seu negócio funcione e dê lucro. E quando digo “lucro” estamos falando de números em torno de dez a quinze por cento. Não é nada do outro mundo. São valores praticados pela maioria das franquias disponíveis no mercado. Porém, precisamos saber que se o seu franqueado trabalhar bem, será esse o número que sobrará no bolso dele.

Aposto que nesse momento, outro pensamento macabro surgiu na sua mente: “Nossa! Até agora não consegui tirar lucro da empresa, só coloco dinheiro…”, acertei?

Acontece que tenho certeza absoluta que você, assim como vários outros micros empresários iniciaram o seu negócio sem dinheiro sobrando, investindo tudo o que tinham, ou não tinham, e ainda por cima fizeram um daqueles empréstimos horrorosos que o seu gerente amigo ofereceu.

Bem, a verdade é que se você é uma dessas pessoas, a menos que compre o seu produto por “um” e venda por “cem”(situação bem difícil de acontecer), sua empresa estará sempre no sufoco financeiro.

Mas a culpa nem sempre é do formato do seu negócio e sim de você ter iniciado o seu projeto de uma maneira errada. Imagine se a situação acima não existisse? Sua empresa estaria dando lucro?

Se a resposta for sim, então ela poderá com certeza se tornar uma empresa franqueadora e expandir os seus negócios de forma justa e eficiente.

Isso é uma franquia. É a transmissão de know-how ao franqueado que está pagando para que você o ensine a arte do bem trabalhar no seu ramo de negócios. Ele está pagando para não correr os riscos que você correu, para não cometer os mesmos erros que você cometeu. Ele quer ‘pular’ essa parte triste e cansativa pela qual todo novo negócio passa.

E para poder oferecer isso ao seu franqueado, sua empresa deverá passar por um processo chamado “formatação”. É nesse momento que um profissional vai organizar a sua empresa, colocando todos (quero dizer todos mesmo) os processos existentes em formato de manuais, mantendo as boas práticas, alterando ou melhorando as que estão ruins, criando os treinamentos adequados aos candidatos à sua franquia e inclusive, treinando você e a sua equipe.

Nas próximas matérias, o passo a passo da formatação e como tudo deverá funcionar.

zp8497586rq
zp8497586rq