Talvez essa seja a etapa mais delicada de todo o seu projeto de expansão: o momento da abertura de uma nova unidade. A unidade do seu franqueado!

Chegou o momento onde você e sua equipe deverá mostrar na prática o quão competente são no que fazem. Por isso, vale a pena ter esse processo bem planejado com pessoas aptas a realizarem esse trabalho. Lembre-se que mesmo que sua franquia seja em formato “micro” ou “pequena”, você deverá dispor de, no mínimo duas pessoas para que toda a implantação seja feita com calma, sem atropelos e sem pânico. Principalmente causado pelo nervosismo e inexperiência do franqueado no seu ramo de atividade.

Sendo assim, após a etapa de treinamentos, o franqueado deverá receber da empresa franqueadora, a assessoria completa na montagem da nova Unidade.

Lojas de varejo ou de alimentação merecem especial atenção nesse caso. É importante ter em mente que mesmo após o treinamento teórico e prático, na maioria das vezes o franqueado ainda não está apto a fazer a montagem de seu estabelecimento sozinho.

São muitas as vertentes nesse caso: instalações, conferência de mercadoria, etiquetagem, exposição etc. O que faz dessa hora uma tortura para quem não está 100% preparado.

Além da equipe própria preparada para o suporte e montagem da Unidade é necessária uma equipe para suporte no dia da inauguração. Importante: franquias pequenas podem dispor de apenas uma pessoa que domine o negócio para estar junto do franqueado durante todo esse período. Saibam que muitos franqueados se sentem perdidos e esquecem até mesmo de como efetuar uma venda ou de ter troco disponível no caixa no primeiro dia.

NovaFilial

Brotou! Agora é regar!

Para unidades de prestação de serviços, tudo isso é mais tranquilo, porém, não menos importante. Algumas Redes já estão optando por entregarem a Unidade totalmente pronta para o franqueado, incluindo nas taxas iniciais uma verba só para esse fim. Isso evita dor de cabeça de ambas as partes, mas também não permite que o franqueado aprenda na prática alguns procedimentos importantes.

Essa opção é muito válida quando há necessidade de montagem de lojas em shoppings, por exemplo, onde o pior pesadelo do franqueado é a parte de reforma e instalação de mobiliário. Quase sempre dá problema e muitos deles entram em colapso nessa hora. Enfim, tudo dependerá da política da franquia e de como ela quer lidar com os futuros franqueados.

zp8497586rq