O que você vai ler por aí é que a Prefeitura do Rio, em associação com a Assesspro-RJ (Associação Bra

sileira das Empresas de Tecnologia da Informação, Software e Internet do Rio de Janeiro) e o Ministério da Ciência e Tecnologia estão montando um curso gratuito que promete, em seis meses, formar 150 programadores. O seu nome é Forsoft.

My dusty old workspace
Creative Commons License photo credit: razvan.caliman

A contratação será garantida em função das empresas parceiras participantes do projeto, no melhor estilo SESI-SENAI. Ou seja: o mercado foi ao Poder e solicitou apoio governamental na formação de sua demanda reprimida. O perfil dos candidatos: jovens de baixa renda, que tenham concluído ou estejam no último ano do ensino médio.

O pacote inclui seis meses de aulas (de junho a dezembro de 2011), dividido em quatro horas diárias, de segunda à sexta-feira. Por lá a turma aprenderá sobre temas relacionados ao desenvolvimento de software e inglês técnico, em aulas presenciais e virtuais. Os interessados poderão fazer as suas inscrições por meio do site da prefeitura do Rio de Janeiro, em breve..

Ah, os eventos desta década maravilhosa!

Olimpíadas e Copa prometem revolucionar a maneira como esta cidade é vista pelo mundo e, ela própria, se você. Será mesmo? Pense comigo: se você tem uma empresa que vai terceirizar mão-de-obra para os setecentos e cinquenta milhões de projetos que vão surgir e, por outro lado, sabe que não existem profisionais suficientes no mercado, o que você faz?
Cria uma maneira do próprio governo viabilizar a formação de um imenso arraial de proletários digitais para, assim, poder cumprir seu contrato com as instituições. Vamos lá, pense um pouco: em seis meses você forma um bom programador? Em seis meses você aprende a falar inglês? Não, não.

Em seis meses você gera os títulos necessários para montar uma equipe e assim cumprir o item 9.8, alínea b, do edital XPTO? Claro que sim.

Vale a pena ler os comentários dest post no blog do programa Olhar Digital. E, claro, quero ver a opinião de vocês aqui também.