Olá de novo. Já nos encontramos aqui na semana passada para falar um pouco sobre o que dá pra fazer quando estamos desesperados, lembra? Pensar, respirar e refletir sobre sua situação e o que fazer no futuro para evitar passar por situações semelhantes. Não existe uma fórmula secreta, nem curso milagroso ou sábias palavras de algum guru do novo milênio.

A resposta é você. Quem é você, o que te define e o que você almeja. Lembrando que sua vida não é o roteiro de um filme. Não pense que a decisão que você tomar hoje será definitiva. Um dia você terá vontade de ser um youtuber e tudo bem. E no mês seguinte sua vontade será trabalhar viajando pelo país. Novas profissões e novos negócios são criados todos os anos. Você não nasceu com uma ficha genética pré-programada para ser só o que a sociedade quer que você seja.

Porém, não se engane. Não pense que um dia você irá acordar com o sonho de ser um grande empresário, ouvir algumas palestras, fazer um curso relâmpago de lideranças corporativas e em alguns dias se tornara a grande personalidade do mundo empresarial.

Infelizmente não funciona assim.

Todo sonho demanda um esforço pessoal e um tempo para que ele se concretize. Vou lhe dar um exemplo. Eu sempre quis ser desenhista. Ainda pequeno, um belo dia descobri que em vez de querer mudar meu nome para Richard e tocar piano eu gostaria de desenhar bem. Presta atenção nesse detalhe: eu não queria fazer uma casinha mais ou menos bonitinha, eu queria desenhar muito bem a ponto de causar inveja em todos os alunos da primeira série. Claro que eu não era uma criança normal. Eu assistia balão mágico antes de ir para a escola e via aqueles desenhos lindos que todo mundo da sala adorava e sendo tímido, pensei “é isso, vou desenhar um He-Man igual ao da televisão e todo mundo vai gostar de mim”.

Claro que sendo um menino bochechudo e de ideias precoces, o caçula de uma família de três irmãos, a vida cedo me mostrou que minha jornada não seria muito fácil. Meu irmão um ano mais velho, além de ser popular, forte pra sua idade, bom nos esportes e melhor aluno do que eu, ainda desenhava melhor do que qualquer pessoa que eu conhecia.

E essa era a grande barreira que eu precisava transpor, eu já estava com sete anos e não iria conseguir nascer de novo mais bonito, eu detestava esportes mesmo sendo na época um magrelinho estranho e hoje parece que faço cosplay de boneco do Michelin e como usava caderno apenas para rabiscar, ser o filho mais inteligente da minha família seria uma tarefa inglória. Só sobrava para mim a habilidade mais “fácil” que era ser um bom desenhista.

Sei que hoje pode parecer uma realidade bem estranha quando você ainda estudante, demonstra o desejo de estudar ou entrar numa nova profissão e não ter seus pais te apoiando, comprando material especializado, matriculando-se nos cursinhos para conhecer mais sobre esse passatempo ou quem crescer numa futura profissão. Mas no passado isso não era uma norma. E sendo filho de uma família de comerciantes eu primeiro aprendi aos catorze anos como barganhar e ser um bom vendedor antes de aprender como fazer uma ilustração decente. Tudo a seu tempo.

Não vou dizer agora quanto tempo eu levei para fazer meu primeiro desenho bem feito, nem vou dizer quanto tempo levei para vender minha primeira ilustração ou todas as vezes que eu achei que havia me tornado um grande artista apenas para perceber que estava redondamente enganado.

Talvez esse ano você tenha encontrado a profissão que você quer trilhar e obter sucesso financeiro ou pessoal. Talvez você já esteja estudando para ingressar nessa tão sonhada carreira profissional e diante de tantas dificuldades vira e mexe, você se pergunta se vale a pena investir tanto tempo sem ver um retorno imediato. Outras pessoas já te disseram isso, então não será novidade o que vou lhe dizer.

Dê tempo ao tempo. Nada acontece de um dia para o outro. Mesmo que um dia você ganhe na loteria ainda vai levar um tempinho pra receber o dinheiro, por isso tenha calma, respire e foque nos seus objetivos.

Aproveite e me conte como você começou a correr atrás dos seus sonhos. Deixe suas opiniões e críticas e nos vemos por aqui na próxima semana.