Há quase um ano, o Mauro escreveu um artigo falando das músicas que o insp

iram a trabalhar e como elas o ajudam a ser mais produtivo. Na época eu pensei: “caramba, como eu gostaria de ter escrito esse post“.

Então, revisitando essa postagem eu decidi trazer à tona novamente o tema, só que, com uma experiência melhor para vocês leitores. Eu resolvi levantar alguns tópicos macro de situações na minha rotina que me fazem optar por um tipo de música ou outro e como bônus vou colocar um widget com a opção de player para que vocês possam ouvir as músicas de que eu mencionar.

Na postagem original do Mauro ele levantou que leva em consideração que a música precisa “estimular o nosso raciocínio“, “acompanhar a demanda” e principalmente “a música não atrapalhar o que estamos fazendo” e sim colaborar. Concordo totalmente mas sabemos que cada pessoa terá um comportamento diferente e optará por músicas diferentes nas mesmas situações de trabalho que as minhas relacionadas abaixo. Vamos a elas:

Música para trabalhar enquanto…

…leio Feeds RSS

Eu assino atualmente 271 blogs/sites e é comum eu começar o meu dia com quase 200 postagens para ler. Claro que eu só leio entre 10 ou 20% das mensagens no fim das contas pois nem todas são realmente relevantes para o meu trabalho. Normalmente eu “passo o olho” em todos os títulos e vou “estrelando” as mais importantes, deixando marcada como não lida e só depois de zerar todos os títulos eu faço a leitura completa. Nessa demanda eu realmente preciso de concentração e não posso colocar uma música que me distraia. A opção é sempre algo instrumental em geral trilha sonora de filmes, porém um pouco mais desconhecidas porque senão eu fico cantarolado e perco o foco.

Clássica/OST/Instrumental – Movies by @cristianoweb on Grooveshark

…respondo e-mails

Eu trabalhei como operador de telemarketing e aprendi a escrever e falar palavras diferentes enquanto ouvia o cliente no fone de ouvido, quando não ouvia ao mesmo tempo as instruções frenéticas do meu supervisor estressado. Passados alguns anos, eu perdi completamente essa habilidade, responder e-mail requer MUITA atenção no meu negócio e a música precisa ser uma aliada, e não um obstáculo. Gosto de ouvir música clássica, e trilhas mais leves como as de séries de TV.

Clássica/OST/Instrumental – TV Series by @cristianoweb on Grooveshark

…faço planejamento de projetos

Apesar de necessitar concentração, planejar os meus projetos não é um exercício de que eu necessita tanto concentração assim. Em geral, eu já tenho muita coisa anotada em vários momentos quando chego nessa fase, por isso é só uma questão de realinhar o raciocínio e então posso enveredar com músicas cantadas. Gosto de ouvir “Hard rock” e “Rock progressivo” para essa demanda.

Roquemrou \m/ – Rock Progressivo by @cristianoweb on Grooveshark

…desenho wireframes

Apesar de ser um processo de criação, desenhar wireframes requer muita concentração. Todo o planejamento do site passa por essa fase. Um erro aqui fatalmente provocará mais retrabalho em fases posteriores. Mais uma vez eu apelo paras as músicas instrumentais só que de autores como "Danny Elfman" e "Randy Newman" que me fazem focar, sem deixar de me passar inspiraração.

Clássica/OST/Instrumental – Danny Elfman by @cristianoweb on Grooveshark

…desenho layouts

É neste momento que eu uso músicas com 100% de inspiração! Dependendo do tipo de projeto eu posso usar trilhas como as do "John Williams", ou bandas de rock como “Audioslave“, “Pearl Jam“, “U2” ou “Dreamtheater“. Nesse momento não há regra, e o que vale aqui é o sentimento.

…estou numa produção repetitiva

“Liberou geral!”. Agora sim eu posso ouvir músicas em que eu possa cantar, batucar na mesa e até fazer “air guitar performace”! É nessa hora em que eu apelo para as listas “Hard Rock alternativo“, “Pop metal“, “Grunge” e “Glam metal“. Músicas como “We’re gonna make it” ficam em looping na vitrola por aqui!

Roquemrou \m/ – Glam metal by @cristianoweb on Grooveshark

…estou numa produção com prazo estourado e preciso MUITO de motivação para finalizá-la!

Aí eu tenho que apelar e coloco só a discografia do “System of a Down” e do “Rage Against the Machine“, ponho o fone de ouvido até acabar!!! Pode ter terremoto, tsunami ou qualquer outra calamidade da natureza, que eu não vou conseguir ouvir nada com S.O.A.D e R.A.T.M. nas alturas!

…e nos momentos especiais!

Quando estou pesquisando referências para os meus layouts, muito antes de desenhá-los, eu preciso de um setlist inspirador e emotivo. E nesse tipo de demanda eu só ouço os meus dois compositores favoritos: Hans Zimmer e James Horner. Para mim, são os criadores das trilhas mais completas do cinema.

Diferentemente do aclamado John Williams que tem grandes temas, Zimmer e Horner criam trilhas coesas e consistentes. Soundtracks como “Breaveheart“, “Batman Dark Knight“, “Avatar“, “Gladiator“, “Beautiful mind” e “Black Hawk Down” estão entre as minhas favoritas.

…e na procrastinação!

Afinal, eu sou um ser-humano e claaaaaaro gosto de navegar de vez em quando sem ter nenhum objetivo a não ser procrastinar! Para isso eu tenho três listas chamadas “Traindo o movimento“, “Também quero ser D.J.” e “Funk 80’s e 90’s” (essa última é colaborativa!) que fogem aos padrões de tudo que eu ouço normalmente e me fazem reiniciar o meu sistema mental para quando eu começar a trabalhar novamente depois!

Coletânea – Funk 80’s, 90’s by @cristianoweb on Grooveshark

…e podcast, combina com o quê?

Pois é pessoal, não podia faltar o Fala Freela né!? Esse eu deixo pra ouvir quando não estou trabalhando. Gosto de ouvi-lo olhando pela janela do ônibus contemplado a cidade enquanto vou para uma reunião.