Foi-se o tempo em que videogame era coisa de criança. A geração que jogava supernintendo na adolescência continuou jogando depois de adulta e hoje a indústria dos jogos rivaliza com a indústria do cinema, por exemplo. O Brasil já é o 4º maior mercado do mundo, com 41% das pessoas possuindo algum aparelho onde quase 21% tem entre 25 e 34 anos. Nos Estados Unidos a parcela de jogadores com mais de 36 anos é de 39%!

A pesquisadora Daphne Bavelier, professora da Universidade de Rochester e palestrante da TED, tem feito pesquisas sobre o efeito dos jogos no nosso cérebro e, diferente do que muitas mães afirmavam, videogames podem sim fazer bem à saúde (sem excessos, claro). Veja algumas formas de como isso acontece:

videogame-cerebro

Jogadores de videogame pensam mais rápido e tomam melhores decisões? Descubra lendo o post!

 

Velocidade no processamento de informação

Jogadores de videogame podem ter habilidades cognitivas de 10 a 20% superiores do que pessoas que nunca jogaram. Jogos como Guitar Hero, por exemplo, melhoram a coordenação entre olhos e mãos e, pelo pouco tempo de resposta que o jogador tem para apertar os botões certos, forçam tomadas de decisões imediatas.

Multitarefa

Até jogos mais simples obrigam o usuário a prestar atenção em várias coisas ao mesmo tempo. Em PacMan, por exemplo, o jogador deve movimentar o personagem por um labirinto tomando conta dos inimigos, sem esquecer de seu objetivo principal. Além disso, jogos de multitarefa já são usados na recuperação de memória de pacientes octogenários.

Pensamento Estratégico através do videogame

Jogos de quebra-cabeça e estratégia estimulam o cérebro a pensar um pouco mais adiante. Até jogos simples como Plants vs. Zombies forçam o usuário a planejar entradas e saídas de recursos, além de tentar prever potenciais consequências para as ações tomadas.

Os estudos apontam ainda que videogames podem melhorar sua visão – por essa ninguém esperava – sendo usados inclusive em tratamentos de algumas doenças da visão, jogos online podem melhorar a socialização dos adolescentes, alguns tipos de jogos podem melhorar seu preparo físico além de servirem de válvula de escape e, após uma jornada exaustiva de trabalho, recompensa para alguns.

E você, também joga videogame?