melhorar a alimentação

Alimentação é um fator que influencia diretamente na saúde e na disposição de qualquer pessoa. Para quem trabalha em casa ou é empreendedor e está sempre envolvido com algo do trabalho, se torna um pouco difícil manter os bons hábitos alimentares, mas nada que um pouco de esforço não resolva. Melhorar a alimentação é essencial para uma boa qualidade de vida.

Caso você esteja nesse grupo que acabamos de citar, te convido a dar uma conferida nas dicas que vamos ver a seguir sobre como tornar sua vida mais saudável através da alimentação. Mas primeiro vamos ver o porquê da alimentação ser tão importante.

A importância de se alimentar bem

Quando falo em alimentar-se bem não é comer em grandes quantidades, mas sim de forma que você consiga ter muitos nutrientes e vitaminas disponíveis em seu prato. Diariamente, nosso organismo precisa de certas quantidades de ferro, carboidrato, fibra, vitaminas, entre outros. Quando comemos mal, deixamos nosso corpo em déficit de nutrientes, o que acarreta na falta de disposição, concentração, surgimento de dores e até de doenças.

Se a sua produtividade e disposição estão relacionados com a forma que você come, é preciso que suas refeições sejam saudáveis. Assim, é possível render mais durante o trabalho e não sentir tanto cansaço ou falta de concentração.

Então, o jeito é pensar em ideias de como parar de comer fast food e criar novos hábitos alimentares.

5 Dicas de como melhorar a alimentação

1. Deixe o prato mais colorido

Prato coloridoQuanto mais cor, mais nutrientes diferentes estamos ingerido. Sendo assim, insira verduras e legumes nas principais refeições. Muitas pessoas não gostam de verduras e legumes, mas às vezes, o problema está na temperatura.

Há quem goste de pratos quentes e outros que preferem os frios. Como as verduras costumam ser servidas frias, quem prefere pratos quentes não vai gostar tanto de comê-las, e o mesmo acontece com o outro grupo de pessoas.

Nesse sentido, vale ser criativo e, se você gosta de comidas quentes, tente cozinhar os legumes e deixar apenas as folhas sem refogar. Já se o gosto é pelo frio, rale ou pique o que for possível comer de legumes sem precisar do cozimento. E o que precisar ir para a panela, tente misturar com a carne por exemplo. Mas se lembre de sempre inserir as verduras e legumes na sua vida para que suas refeições sejam repletas de nutrientes.

2. Organize os horários das refeições

horário das refeiçõesAssim que levantar coma algo, e a partir desse horário programe que de 3 em 3 horas você faça uma nova refeição. Se você não consegue comer nada ao levantar, não tem problema. Mas assim que fizer a primeira refeição, programe-se para fazer pequenas refeições a cada 3 horas. Criar uma rotina de alimentação fará com que você sinta fome em horários padronizados, evitando possíveis beliscadas fora de hora.

Lembrando que, sua refeição não deve ser um prato cheio de comida e um café da tarde com muito bolo ou pão. É preciso diminuir as quantidades em cada refeição, ou seja, comer pouco mas mais vezes ao dia. Se você acha que vai esquecer de comer a cada 3 horas, programe seu despertador para lembrar de fazer as refeições.

3. Não exagere no carboidrato

carboidratoCarboidrato é fonte de energia, mas toda energia que não é gasta vira gordura. As fontes de carboidrato mais consumidas são: pães, massas, arroz e batata.

Para quem trabalha em casa é mais fácil comer esses tipos de comida, mas é importante diminuir e acrescentar mais alimentos diferentes ao prato. E nada de comer em uma mesma refeição massa e arroz!

4. Beba bastante água

ÁguaO corpo humano, diariamente, necessita de 2 litros de água. Isso acontece porque perdemos muito líquido pelo suor e urina. Dessa forma, se faz necessário se hidratar. Se você não tem o costume de beber água durante o dia, pode baixar aplicativos que notificam quando é necessário tomar água ou mesmo usar o despertador do celular.

Outra forma é usar uma garrafinha de água de 500ml, assim é só se organizar para tomar 2 garrafinhas pela manhã e duas à tarde. Claro que no começo, pode ser difícil tomar tanta água assim. Então, comece com 1 ou 2 garrafas e o tempo vá aumentando a quantidade até chegar em 2 litros. Já lhe adianto que suas idas ao banheiro irão aumentar.

5. Planeje as refeições do dia seguinte

planejarSe você não gosta de parar no meio do dia e pensar no que fazer para o almoço ou para a janta, a solução é já deixar pronto e quando for comer é só esquentar. Para isso, toda noite pense no que fazer de comida pro outro dia e cozinhe. Já deixando prontas as refeições economiza seu tempo durante o dia a dia.

Você pode acondicionar as porções de comida para cada refeição em potes e a salada que não pode ser aquecida guarde já picada dentro de um pote à parte. Assim, na hora de comer tudo fica mais prático. Porém, se você não sabe cozinhar, troque o fast food por marmitas mais saudáveis.

Agora que você já sabe formas de melhorar a alimentação é hora de se organizar e colocá-las em prática. E não esqueça que a alimentação feita de forma errada diminui sua disposição e concentração.

Tem algum outro método de como melhorar a alimentação e quer compartilhar? Então, escreva nos comentários.