Ao ler um artigo sobre o Google e M&Ms validei uma ideia que, fazia algum tempo, vagava pela minha mente.

O artigo explica como gerando métricas sobre tudo, inclusive o que acontece no dia-a-dia da empresa, o Google conseguiu perceber que seus funcionários comiam M&Ms demais, que isso não era bom para a saúde deles, mudaram alguns potes de snacks, e em sete semanas, diminuiram em 9 pacotes de M&Ms o consumo médio dos seus funcionários.

Provavelmente sua empresa não tem o mesmo tamanho do Google e você se tiver funcionários, não forneça free snacks, se fornecer talvez não se preocupe com a quantidade que seus funcionários consomem desses snacks. Mas não é isso que eu quero tratar aqui.

O ponto é que medindo, coletando dados e analisando-os posteriormente, fazendo o que eles já fazem com seus serviços e produtos, no dia-a-dia da própria empresa eles foram capazes de melhorar a qualidade de vida de seus funcionários.

Tomar uma decisão mesmo sendo um freelancer é muito arriscado se você não tem informações suficientes para decidir entre as diversas opções que você pode ter.

Aprendi isso na prática e diretamente relacionado à minha saúde, enquanto programava o Glicemias Online. Hoje, de verdade, sou mais saudável e cuido melhor do meu diabetes, por saber o que acontece comigo ao longo dos meus dias.

Há alguns meses, a IBM lançou uma série de propagandas sobre seus serviços de consultoria, nas quais eles mostravam uma padaria que vendia mais um tipo de produto quando os dias eram chuvosos, e outros produtos em dias ensolarados.

Já não é de hoje que fazemos alarde pela internet sobre a ideia de que profissionais, mesmo os freelancers, devem controlar quantas horas “gastam” em cada tarefa. A explicação é que com o passar do tempo você tem mais condições de “orçar” um projeto, porque saberá, mais precisamente quantas horas aproximadamente irá trabalhar no projeto.

Por que então não aplicar a mesma técnica para os outros aspectos do trabalho? Em qual horário você é mais produtivo, em qual horário do dia, dia da semana, se está ensolarado ou chovendo, seus prospects estão mais propensos a aprovar sua proposta? Clientes de que tipo de negócios aprovam quais faixas de valores em suas propostas? Enfim, tudo o que você puder medir (claro, sem passar o dia todo apenas medindo), meça, guarde as informações e periodicamente analise-as…

Eu sempre achei que controlava bem meu diabetes, mesmo fazendo vários exames durante o dia, antes de anotar os resultados e analisá-los posteriormente, eu acreditava que estava muito bem, quando vi os gráficos com as informações que eu guardei, percebi o quanto iludido eu era. Mas isso é normal, tendemos a lembrar apenas dos aspectos bons.

Com o passar do tempo, semanas, meses, anos, etc… você terá cada vez mais dados para analisar antes de tomar uma decisão, e a probabilidade de tomar a decisão certa, mesmo que seja apenas a de enviar ou não aquela proposta na sexta-feira à noite ou na segunda pela manhã, será mais acertada.