Pode parecer uma missão impossível, mas agora você vai conseguir excluir um e-mail que você enviou da conta de quem recebeu. Mas como assim?

O serviço se chama DMail e permite que você bloqueie um e-mail enviado a qualquer momento, seja manualmente ou ainda você pode programar para que ele seja bloqueado depois de um tempo escolhido por você.

Para ser extremamente sincero o e-mail não é verdadeiramente deletado, mas sim bloqueado, impedido que a pessoa consiga reabri-lo, ou seja, não pode responder, reler ou copiar o conteúdo de maneira alguma.

A funcionalidade é, na verdade, uma extensão para o google Chrome, que vai acrescentar um botão de “enviar com o Dmail” o lado do botão de enviar comum. Ele vai abrir um sub-menu que vai te permitir escolher quando bloquear o e-mail.

dmail

 

O princípio é simples: quando você envia com o Dmail ele envia uma cópia criptografada para o servidor e apenas a chave para endereço, isso faz com que nem o receptor nem os servidores do Dmail recebem o e-mail completo, apenas a parte criptografada e a chave para lê-la.

Quando a pessoa tentar acessar o e-mail após o bloqueio, já que ele não vai sumir da caixa de entrada da pessoa, vai receber uma mensagem avisando que aquele e-mail não está mais disponível, simples e elegante.

No uso pessoal o uso pode ser interessante, como passar dados sigilosos de contas de banco ou senhas para serviços, bloqueando após um tempo para aumentar a sua segurança. No entanto é importante saber quando usar, porque você ainda terá de explicar porque você bloqueou o e-mail que enviou, muitas vezes tendo que explicar várias vezes o conteúdo. Use com parcimônia.

Claro que isso abre enormes possibilidades de marketing e negócios, ofertas válidas por tempo determinado, cupom de descontos, convites que expiram ou mesmo ainda conteúdo que tenha data para ser lido. Não me surpreenderá se isso acabar se tornando prática corrente para e-mail marketing.

Os planos do Delicious, dono de uma excelente ferramenta de favoritos on-line, é transformar essa ferramenta em freemium, ou seja, vai ter funcionalidades básicas gratuitas, tendo planos de investimento para ter acesso a possibilidades maiores conforme o investimento do usuário.

Com a expansão dos serviços e dos servidores, o Dmail estará disponível para iOs e Android, ampliando cada vez mais as possibilidades de disponibilizar conteúdo por tempo determinado a partir de qualquer plataforma. Esse texto, caso você queira relê-lo, não se destruirá em nenhum momento.