thinking-of-money1

 

Em épocas como a que estamos vivendo uso muito uma frase que aprendi na prática ainda bem novo sozinho, e levo ela pra toda minha vida: Comprar bem é tão importante quanto ganhar mais.

Desde lá tenho focado em fazer melhores compras já que apesar do que nossos Pais possam ter nos falado – Estude e você ganhará bem – isso leva muitos anos, e existe uma hipótese não nula de nunca ocorrer.

O cenário econômico tende a melhorar somente em 2017, já que leva tempo para ajustes macroeconômicos darem efeito. Para atingir esse objetivo elaborei duas dicas super práticas que tem me ajudado a economizar:

1 – “Descurta” e pare de seguir todas as empresas de varejo e sonhos de consumo que você gosta.

Calma, respire… Pode parecer exagero mas alguns segmentos tem tido queda de incríveis 25% e é natural que alguns descontos pareçam ótimos aos preços anteriormente praticados. Toda essa pechincha pode parecer demais para você e durante o mês poderá comprar muitos itens que sobrecarregue o orçamento.

Pense de modo prático: alguns projetos, comissões e bônus seus podem não entrar esse ano, levando você a ter um gasto que talvez não tenha como fazer frente. Luz, água e gás vão infelizmente ter novos reajustes, e produtos dos mercados só baixarão caso o dólar também baixe (muitos itens são importados, e produtos como a carne o Brasil exporta em dólar) Nas empresas sempre falamos – sempre fique de olho no caixa – pra você não é diferente.

2 – Conseguiu executar o item 1?

Você observará que as empresas não vão parar de fazer descontos tão cedo por duas razões básicas: o estoque esta grande e as empresas precisam girar o estoque para permancer aberta.

Tendo isso em mente ajuda a tomar decisões mais racionais enquanto que as compras são usualmente feitas pela emoção. Com dinheiro em caixa você pode pedir descontos a vista e fazer verdadeiros milagres.