Trabalhar em casa é sonho de muita gente. O problema é que muitas dessas pessoas acha que vai ficar na cama cercado de salgadinhos, com tevê ligada, laptop na perna e que ainda assim vai conseguir produzir alguma coisa de interessante. Ledo engano. Trabalhar no conforto do lar exige o dobro de disciplina e atenção que se têm trabalhando em um local fixo. Isso porque absolutamente tudo é motivo de distração. O gato miando, a comida no fogo e definitivamente aquela maldita preguicinha pós-almoço é um arsenal contra a produção.

E se tempo é fundamental para ter disciplina nos jobs remotos, espaço não é menos importante. Ter um local para as coisas do trabalho ajuda produzir, cumprir prazos e criar. Dependendo do espaço que se tenha na casa ou no apartamento nem sempre é possível ter um escritório para chamar de seu, mas mesmo que esse local seja dividido com outro ambiente ele precisa ser preservado como um cantinho do trabalho.

Quarto

O chato ai é que na hora da soneca de sábado à tarde fica aquele sensação conflitante. Um lugar que é feito para relaxar com a áurea de trabalho. Assim, nem de longe é a melhor opção de home-office, mas para muita gente é o que tem pra hoje. Então, primeiro escolha o cantinho profissional. Se realmente for necessário ele pode ser desfeito ao final do dia, mas o ideal é que ele esteja ali sempre.

Home Office no Quarto

Home-office no quarto: a tentação é manter-se longe da cama

Uma mesa, o computador (por favor, se possível um laptop) e o material de escritório mais básico. Dependendo do que você faz para viver isso basta. Se eventualmente precisa escrever tenha um caderno e evite cair na tentação de arrancar as páginas. Sendo provavelmente um espaço pequeno, quanto mais organizado melhor. Um monte de papel caindo não ajuda em nada, tira a concentração e, aqui entre nós, irrita muito.

Uma boa saída é uma mesa com pelo menos uma gaveta. Terminou? Guarda tudo ali. Outra dica é por uma ou duas prateleiras na parede mais próxima. O legal é que elas funcionam também como delimitadoras de espaço e por falar nisso, que tal um toque de decoração: tapete. Eles vão separar bem onde é quarto onde é escritório.

Sala de estar

Também não é o ideal, mas é muito melhor que o quarto. O problema maior aí é o movimento. Se você mora só ou passa o dia inteiro sozinho, beleza. Mas, do contrário todo mundo assim que por os olhos em você (nesse vidão de ficar o dia todo brincando no computador, :P) vai querer dizer um oi, contar a conversa no elevador, reclamar do porteiro etc. Outro ponto é que, em geral, ali fica a tevê. Mesmo que você seja ninja (ou mulher) e consiga fazer 74,3 coisas ao mesmo tempo, segundo os cientistas, não é lá muito recomendável ter essa matadora-mor de atenção, ao alcance das mãos.

Home-Office na sala de estar src=

Home-office na sala de estar: movimentação da casa pode atrapalhar a concentração

Mas se só você só tem a sala então abrace a causa. De novo, um espaço precisa ser delimitado. É tentador usar a mesa para por qualquer coisa ali, evite. Ponha na cabeça que aquela é uma estação de trabalho não uma extensão da sala. Deixe limpo e organizado. Afinal, pode ser que na sua cabeça ali seja o escritório, mas na cabeça do vizinho ou da sua mãe é uma mesa cheia de papel e resto de comida.

Quarto de empregada

Começamos a chegar perto do ideal. Um ambiente praticamente exclusivo para trabalhar vai ajudar muito na disciplina necessária. Se, é claro, por ali ficar o material de limpeza e a roupa suja coloque tudo num armário com porta e tire da sua visão. Fazer um design de um site ou escrever um texto olhando para a palha de aço…ninguém merece.

Como montar um home-office no quarto de empregada

Agora você pode ter um pequeno armário de escritório para guardar todo o material que você precisa. Espaço não é mais problema, certo? Mais ou menos. Um dia, num passado não muito distante, algum engenheiro teve a ideia brilhante de fazer um quarto de empregada como um túmulo: minúsculo e escuro. Muitos – muitos mesmo – não têm janela ou quando tem são voltadas para a área de serviço.

Enquanto esse engenheiro queima no inferno, você precisa climatizar o lugar: ar-condicionado ou um ventilador potente são fundamentais.

Edícula ( ou aquele quarto vazio)

Se você tem essa edícula ou um quarto a mais, parabéns você é um privilegiado. Faça um escritório decente. Mesa, prateleiras e armários são importantes, mas não é só isso. Quem trabalha em casa, em geral, trabalha criando. A maioria esmagadora dos Jobs possíveis de serem feitos remotamente tem essa característica. Então, invente mesmo. Escolha bem a cor da parede, coloque uns pufes, enfeites de bom gosto são bem vindos também. Tem cachorro? Coloca a cama dele lá, pra ter uma companhia. Tá liberado por o som também, se é que você consegue trabalhar e escutar uma musiquinha.

Home-office no jardim de casa

Home-office em edícula ou quarto independente da casa: sonho de consumo

Bem, no final das contas todo profissional freelancer tem meio que seu jeitinho de fazer o dever de casa. Os mais experientes descobrem seus limites e criam seu próprio estilo. Definitivamente, é uma questão de se conhecer um pouco e saber o que funciona ou não. Tem gente que vai para o café com wi-fi e consegue trabalhar muito e bem.

E você? Onde você produz bem? Qual é o seu segredo?

zp8497586rq