Quem ouviu o FalaFreela dessa semana sobre os “Clientes Sem-noção” no player acima aí levanta o mouse!?

Lembram então quando eu falei que algumas pessoas entram no meu site e passam pelo menu “Orçamentos” e vão direto para a página de contato com o formulário genérico? Esse contato preenche o formulário de forma bem evasiva perguntando quanto custa um site “na média” só para ter uma ideia.

Pois é meus amigos, esse tipo de coisa acontece com uma enorme frequência por aqui. E pensando nisso eu criei um jeito mega simples e totalmente manual de responder essas mensagens sem perder tempo digitando tudo novamente.

Como enviar respostas de e-mail recorrentes sem aplicativos

 

Quando eu percebo que um e-mail é recorrente eu editando os pontos que são únicos e o reenvio para mim alterando o assunto para o tipo de ação que ela se destina. Por exemplo: quando eu estou ocupado e não posso pegar um determinado projeto e o cliente me pede uma indicação, eu tenho um e-mail com o assunto “E-mail de indicação de Front-end/Back-end” na pasta “E-mails modelos“. Dessa forma, basta copiar conteúdo dessa mensagem e colar no e-mail original do cliente respondendo-o. Simples né?

Mas peraí, esse processo é manual? É uma GAMBIARRA?

Semi-manual amigo! Mas se você preferir, no próprio GMail existe uma função chamada “Canned Responses” que é habilitada no Labs, em que você define até cinco respostas. Basta clicar na resposta desejada que o conteúdo será inserido no corpo da mensagem. É uma função útil, porém é limitada. Uma vez que você passa a usar essa mecânica, acaba acumulando outras respostas que gostaria de usar, mas não é possível por causa quantidade. Eu mesmo já escrevi por aqui sobre essa técnica em 2011 e tive que buscar uma alternativa que me desse suporte na minha necessidade.

Então pensando nisso, eu optei pelo processo semi-manual e resolvi fazer esse vídeo-tutorial para vocês.

Algumas vantagens desse processo

Primeiro e grande bônus desse processo é a não limitação na quantidade de e-mails. Segundo, que você não depende de nenhum software instalado no browser. Você pode estar numa máquina que não é a sua, que nem tem o browser que você tem configurado. É justo nessa hora é que ficamos reféns e nos enrolamos.

Outra grande vantagem que eu vejo é poder revisar sempre que for necessário um processo. Basta criar nova mensagem, editar o conteúdo, enviar para você mesmo e guardá-la na pasta específica. E se você tiver um grande volume de situações e quiser segmentar por assunto, pode criar sub-pastas e renomeando por tópico. Por exemplo: “Cliente”, “Prospecção”, “Financeiro” etc.

Bom, como para mim a maior vantagem é a simplicidade, eu desafio os amigos leitores a criarem esse processo no e-mail de vocês e espero os seus comentários de outras situações recorrentes que podem ser ajustadas nesse esquema, ok!? Até o próximo artigo!