Se você planeja (ou já está começando) a trabalhar fazendo filmagens de entrevistas para documentários, vídeos institucionais ou materiais de marketing para clientes, sejam eles empresas estabelecidas, startups ou pessoas físicas, estar bem preparado é um dos maiores (se não o maior) diferencial que você pode oferecer.

Segurança é um fator que você conquista nos entrevistados e na equipe com o qual você trabalha. E um dos principais diferenciais que fazem com que você seja a pessoa da qual todos lembram quando o quesito “profissionalismo” vem a tona é a preparação prévia.

Por outro lado, nada quebra mais a confiança do que o entrevistado ou até mesmo seus colegas de trabalho verem você se enrolar, pedir para alguém buscar algo ou pausar (bate-na-madeira, até mesmo adiar) o início das gravações.

Claro que imprevistos eventualmente acontecem, mas uma forma de evitá-los é se antecipar, carregando tudo que você pode vir a preparar na hora de gravar aquela entrevista que vai fazer a diferença no seu trabalho.

Para ajudar nas suas gravações, eu compilei uma lista de itens indispensáveis que você deve sempre levar consigo, mesmo que a chance de fazer uma gravação seja pequena. Confira a lista de itens que considero “Os salvadores de pátria” de qualquer filmagem:

cracha

1 – Crachá ou identificação

Se você vai gravar algo, identificação é algo importantíssimo! Quem acompanhou, por exemplo, as cenas dos protestos de 2013 em vários Estados do Brasil deve ter notado que no meio da confusão, a falta de identificação pode ser a diferença entre você se safar de um problema sério ou acabar preso como black block.

Claro, em algumas entrevistas menos “polêmicas”, o risco não é tão grande mas, ainda sim, um crachá demonstra seriedade, profissionalismo e claro, diferenciação entre o amador e o profissional.

fita crepe

2 – Fita Crepe

Pode parecer bobeira, mas o assunto é sério. Enquanto o entrevistado está parado, quem mais se movimenta é você e sua equipe. Ainda mais em equipes pequenas. Nessas horas, é muito comum as pessoas se dividirem em mais de uma tarefa e isso faz com que elas precisem se locomover entre câmera, gravador de áudio, iluminação e Prompt (vamos discutir este último mais abaixo).

Durante este processo, a chance de você ou outras pessoas tropeçarem em algum fio é grande. A fita crepe é o diferencial entre sua gravação ocorrer tranquilamente e sua filmadora ser arrancada de você ou do tripé diretamente no chão (novamente, bate-na-madeira e que isso nunca aconteça com você).

A fita crepe não só serve para prender os fios firmemente no chão como também para manter fixo um item qualquer da gravação que por azar do destino na hora H não esteja encaixando direito.

Um detalhe: Fica crepe quando velha fica excessivamente grudenta e problemática pois deixa marcas de goma. Passe um pedaço no seu braço e depois tire-o. Se o local em questão ficou muito pegajoso, é hora de aposentar o rolo em questão, não importa quanta fita ainda tenha disponível.

tablet

3 – Tablet

Gravações tendem a deixar as pessoas nervosas, ainda mais se você está entrevistando mais de uma pessoa e as próximas a serem entrevistadas estão esperando. O tablet neste momento tem inúmeras funções.

A primeira é apresentar ao entrevistado como o material ficará. Guarde em seu tablet as cenas que você já gravou em outros dias de trabalho para que ele possa vê-las e “sentir” como o conteúdo final ficará. Ah, e ofereça este conteúdo para ele assistir, porque em 99% dos casos, ele não vai lhe pedir isso.

A segunda função do tablet é o de ser usado como Prompt. use um aplicativo de notas que possibilite que você coloque o texto com tamanho razoável para ser lido a distância com os pontos principais da gravação, elabore uma lista bem, mas bem compacta para que o entrevistado não perca o fim da meada enquanto falar com você e deixe o tablet a vista do entrevistado (mas, claro, fora do campo de filmagem da câmera).

toalha

4 – Toalha de rosto limpa

Pessoas nervosas suam e suor é um dos grandes inimigos da sua filmagem. O suor reflete a luz e dá um brilho no mínimo estranho para o entrevistado. Este tipo de problema é facilmente resolvido antes da filmagem rolar, mas muito complicado de ser resolvido na edição e pós-produção do material. Mesmo que o entrevistado esteja muito tranquilo, a iluminação (ainda mais se você usar halógenos) usada na filmagem aquece muito o ambiente e o suor é algo que ocorre naturalmente.

Não preciso nem lembrar que a toalha é um item de uso individual e que deve sempre estar limpa quando você for oferece-la, se você vai fazer várias gravações em um mesmo dia, ou está em um lugar em que não pode ir em casa buscar mais entre as filmagens, trate de passar em uma loja e comprar mais de uma unidade.

papel manteiga

5 – Papel manteiga

Nada é mais problemático para alcançar a imagem perfeita na sua gravação, do que uma luz dura batendo no rosto, na roupa, no óculos ou até mesmo na parede atrás do entrevistado. Se existe um foco de luz deste tipo e este não é o objetivo da sua filmagem, o papel manteiga é o seu melhor amigo.

Não tenha medo de usar a fita crepe para colar papel manteiga na janela em questão que está criando essa iluminação errada. lembre-se que você deve manipular o ambiente para deixa-lo pronto para a gravação e não o contrário. Imagine se todas as produções de televisão e cinema tivessem que mudar tudo para um outro lugar ou lado, arriscando as vezes perder um ótimo fundo, simplesmente por causa de uma luz incômoda.

Peça permissão para o entrevistado para tampar com papel manteiga a janela ou lâmpada que não pode ser desligada e tranquilize-o lembrando que fita crepe não é difícil de sair e não deixa marcas no local onde foi aplicada. Isso vai trandormar a luz dura em uma luz difusa e ela vai ser muito menos agressiva para a filmagem, podendo, em certas circunstâncias, virar até mesmo sua amiga!

extensoes

 

6 – Extensões e mais extensões elétricas

Não da para prever que o local vai ter tomadas convenientemente colocadas onde você precisa. Muitas vezes, a tomada mais próxima está simplesmente longe demais e extensões resolvem o seu problema de forma prática e rápida.

Lembre-se sempre que certos equipamentos demandam mais energia que outros, por isso tenha extensões de fio fino e extensões de fios e tomadas mais grossas. Na loja, quando for comprá-las, peça por extensões de 10 e 20 amperes, é bem fácil diferencia-las pois tanto o fio quanto a tomada tem plugs mais grossos, feitos exatamente para lidar com equipamentos que consomem mais energia elétrica.

É uma dica a mais que você sempre preste atenção e pergunte se a tomada em questão é de 110 ou 220 volts, pois nem todos os seus equipamentos podem ter fontes de alimentação bivolt (as lâmpadas de halógeno, por exemplo, só lidam com uma voltagem específica).

adaptadores

7 – Adaptadores, muitos adaptadores…

É importante que nada na sua gravação pare, por isso, tenha em mente que você deve sempre ter mais de um adaptador para cada equipamento que necessita de um. Você nunca sabe quando aquele plug do microfone do entrevistado vai dar mal contato por algum dano no transporte e parar toda a sua gravação.

Ter adaptadores de áudio, elétrica e iluminação adicionais fazem toda a diferença e podem te tirar de ciladas muito sérias. Esta é uma dica que quem vos escreve já passou na pele, tendo que rapidamente descascar fios, emendá-los na mão e usar (lembra do item número 2?) fita crepe para isolá-los.

pilhas

8 – Pilhas, baterias e carregadores

Na falta de energia, de tomadas ou caso tenha esquecido de carregar alguma bateria, ter pilhas e baterias sobressalentes é outra coisa que pode salvar sua vida. Leve também os respectivos carregadores, pois às vezes você nota que a gravação vai ficar mais longa do que o esperado e uma bateria pode carregar enquanto outra está em uso.

É muito importante que você cuide e cheque constantemente a vida útil destes mesmos itens, para não correr o risco de na hora H estar com uma bateria viciada que não segura a carga dada. Baterias de diversas tecnologias tem vidas úteis diferentes e uma preparação que vise abranger todos esses itens, como tudo nessa lista, é um diferencial muito sério. Cuide de suas baterias e pilhas com carinho, levando a sério os manuais e mantendo-as longe de calor, sol direto e umidade.

molesquine

9  – Caderno de notas

Durante a gravação você pode precisar manter um registro escrito do que aconteceu, de um ponto que você quer que a atenção seja redobrada na hora da edição ou de momentos que você notou que algo que foi dito ou feito tem um valor especial para a montagem de material promocional adicional ao que foi produzido (como trailers e teasers por exemplo). Não importa se você tem ótima memória, tenha sempre a mão papel e caneta para criar um registro por escrito destes momentos.

Este tipo de prática ajuda a sua sanidade e provê para outras pessoas da equipe que por ventura não estejam presentes no momento da gravação (como, por exemplo, um editor de vídeo) informações adicionais para que ele se foque e entenda mais sobre como você deseja que a edição proceda. Lembre-se também que nem todo mundo sabe ler garranchos e tente manter uma letra legível, porque isso também faz diferença.

Os Segredos da Boa Comunicação

 

10 – Os segredos da boa comunicação, por Larry King

Se o assunto é entrevista, carregue este livro com você para lê-lo durante a ida, intervalos e volta das gravações (este que vos escreve também aceita recomendações de livros caso você conheça um outro muito bom).

Larry King é um gigante que desde 1950 entrevistou uma quantidade incontável de pessoas, famosas e desconhecidas de inúmeros campos de atuação. Fica também a recomendação para em seu tempo livre, tentar assistir suas entrevistas no YouTube, ele é um mestre na arte de manter os entrevistados entretidos, dinâmicos, soltos e abertos para as perguntas mais complicadas, sem deixar os entrevistados amedrontados ou acuados (a não ser quando esta é a intenção dele).

Ele e sua equipe de TV mantém o seu canal  no Youtube bem abastecido com diversas entrevistas completas, que servem como incontáveis horas de entretenimento e material de pesquisa. Sua equipe de filmagem e edição também é sensacional, sabendo como captar os melhores ângulos e closes, sinceramente, é um material que deve ser pesquisado extensivamente.

Agora é a vez de vocês.

Se já tiveram alguma dificuldade que a nossa lista não resolveria, deixe na descrição para que no futuro, outras pessoas não passem pelo mesmo problema que você já passou. Lembre-se que disponibilizar conhecimento pode aumentar a competitividade um pouco, mas sim melhora o mercado e criar um ótimo networking.